Publicado por: Márcio Pereira | Fevereiro 5, 2013

“Uma Aventura Entre o Douro e Minho” – A Viagem

             IMG_9894

No passado Sábado, dia 26 de Janeiro, as crianças e voluntários do Aventura.pt rumaram até ao Minho para conhecer o palco do livro “Uma Aventura Entre o Douro e Minho”.

Começamos de manhã pela cidade Guimarães e Capital Europeia da Cultura 2012, na companhia do Professor Manuel Barbosa, da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Guimarães, iniciando a nossa visita pelo Paço dos Duques, onde acontece, na história do livro, o roubo de uma tapeçaria de valor incalculável. Estando na Cidade Berço da Nação, aproveitamos para visitar, tal como os 5 amigos da aventura, o Castelo de Guimarães e a pequena igreja onde se presume que tenha sido batizado D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal, a Igreja de S. Miguel do Castelo. Por fim, descemos para o Centro Histórico da Cidade passando por algumas zonas de grande referência e relevo histórico: a Rua de Santa Maria, a Praça de S. Santiago, a Praça da Oliveira, visualizando ao longo desse caminho alguns dos Passos da Paixão de Cristo.

IMG_0079

À tarde partimos até Braga, Capital da Juventude 2012, onde fomos recebidos pelo voluntário da Juventude da Cruz Vermelha, Chisoka, que nos guiou pelo Centro Histórico da Emblemática Cidade. Iniciamos a nossa visita pela visualização do Arco da Porta Nova, depois passamos pela Sé Catedral de Braga, onde na aventura ocorreu um roubo que os 5 amigos prevêm, mas não conseguem evitar. Passamos pelo Largo do Paço, antiga residência dos arcebispos de Braga e onde atualmente se localiza o Salão Nobre da Universidade do Minho, a Biblioteca Pública de Braga e o Arquivo Municipal; caminhamos ao longo da Avenida da Liberdade; paramos em frente ao Teatro Circo de Braga; e ainda nos debruçamos sobre a fachada da Igreja de Santa Cruz, na tentativa de descobrir os dois galos cuja proeza, segundo a lenda, dita o casamento do anfitrião. Para finalizar a nossa passagem pela Bracara Augusta, fomos até ao Santuário do Bom Jesus, onde tivemos oportunidade de avistar lá do alto toda a cidade e visualizar o elevador mais antigo do mundo a utilizar o sistema de contrapeso de água.

Desta forma, concluímos a exploração do primeiro livro selecionado da coleção “Uma Aventura”, numa viagem através da leitura e da história e geografia de Portugal, aguçando a curiosidade para as próximas aventuras a explorar.

Estejam atentos à nossa rota!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: